KESHA DIZ QUE SUA CARREIRA ESTÁ ACABADA SE PERDER PROCESSO JUDICIAL CONTRA DR LUKE


 
POR PAPELPOP
Há quase um ano, a Kesha entrou com um processo judicial contra o Dr Luke para se livrar do contrato com o selo fonográfico dele, Kemosabe Records. E agora a revista Billboard trouxe mais novidades sobre o caso.

A Billboard teve acesso a vários documentos entregues pelo advogado de Kesha na última sexta-feira (18), pedindo urgência na ação. A papelada basicamente dizia que caso ela não consiga se livrar do contrato com o Dr Luke, sua carreira está acabada.

Nos papeis, o advogado explica a situação complicada da cantora, que não pode lançar nenhum trabalho novo. “Kesha não pode trabalhar com outros produtores ou outras gravadoras para lançar músicas novas. Sem músicas novas, Kesha não pode fazer turnê. Fora das rádios, e dos palcos, Kesha não pode fazer publicidade, receber patrocínios ou obter atenção da mídia. Seu valor de mercado caiu e, a menos que o tribunal emita uma decisão, Kesha sofrerá um dano irreparável, levando sua carreira para além de um ponto em que seja possível retornar”.

Junto com os documentos, o processo também traz um argumento de Jim Urie, presidente do Universal Music Group, em apoio à cantora. “Nenhuma empresa grande vai investir o dinheiro necessário para lançar as músicas de um artista que não tem mais atenção do público, como está acontecendo com a Kesha neste momento. Se Kesha não puder retomar imediatamente as gravações e ter suas músicas promovidas, comercializadas e distribuídas por uma grande gravadora, sua carreira efetivamente acabou”.

Todo esse processo é para agilizar o julgamento da ação, que está impedindo a cantora de dar um rumo a sua vida. Kesha não lança algo novo desde o seu último álbum, “Warrior”, em 2012.

A ação judicial entre Kesha e Dr Luke ficou meses em Los Angeles, até que o juiz suspendeu o caso, baseado em uma cláusula contratual, que dizia que qualquer disputa legal entre os dois deveria ocorrer em Nova York. A cantora então teve que começar o processo tudo de novo.

No processo, Kesha acusa Dr Luke de abuso sexual, verbal, físico e emocional durante todo o período em que eles trabalharam juntos – foram mais de dez anos. Ela também cita casos em que o produtor teria incentivado seus distúrbios alimentares, e a dopou para depois abusar sexualmente dela.

Um representante do Dr Luke entrou em contato com a Billboard e declarou o seguinte: “Se Kesha agora lamenta que sua carreira está atolada em procedimentos judiciais, é inteiramente culpa dela. Foi Kesha que escolheu iniciar um processo falsamente alegando abusos para ganhar vantagem nas negociações de contrato, e agora ela deve aceitar as consequências de suas ações míopes. Enquanto ela continuar com essas falsas alegações de abuso contra Dr. Luke e permanecer em violação de seus contratos, ele continuará a proteger sua reputação profissional e pessoal, bem como dos seus direitos contratuais em um tribunal.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s